deputado Chico Viglante Deputado Ricardo Vale Deputado Wasny de Roure

O líder do Partido dos Trabalhadores na Câmara Legislativa, deputado Wasny de Roure, demonstrou preocupação com os rumos que o Governo Rollemberg planeja para a Saúde Pública do Distrito Federal. O parlamentar criticou a possibilidade de contratação de organizações sociais como modelo de gestão de unidades públicas de Saúde.

“Há uma ameaça da chegada das organizações sociais. São organizações que não tem nada de social”, afirmou o líder petista.

Para o distrital, cogitar a contratação das OSs evidencia que o GDF não tem conseguido gerenciar tanto o próprio quadro de servidores, quanto os recursos que tem à disposição.

“Em primeiro lugar, o Governo não pode assumir um modelo novo sem uma avaliação do que está acontecendo. O que o governo quer dizer com isso é que não tem condições de gerenciar o atual conjunto de servidores e estruturas existentes,” afirmou em plenário.

Wasny também apontou o uso ineficaz dos recursos oriundos do Fundo Constitucional de Saúde como uma das causas para a grave situação da saúde na cidade. “O Governo não tem conseguido investir os recursos do Fundo da Saúde tendo, inclusive, devolvido recursos, ” explicou o líder do PT.

O petista também sinalizou que, antes de pensar em um novo modelo de gestão, o governo necessita resolver problemas específicos e pontuais na Saúde do Distrito Federal. “Creio que o Governo precisa, primeiro, fazer o dever de casa”, apontou.

Liderança do PT na Câmara Legislativa

Informativo dos distritais

Receba o informativo do Distritais do PT
Please wait

Facebook

Dep. Chico Vigilante

Dep. Wasny de Roure

Dep. Ricardo Vale